A Internet das Coisas
Os dispositivos inteligentes estão cada vez mais presentes em nosso cotidiano, garantindo melhora na qualidade de vida e avanços em diversos setores da sociedade.
02/09/2021 @ 12:00

A “Internet das Coisas”, mais comumente conhecida no mundo da tecnologia como IoT- Internet of Things, se refere a conexão de simples objetos do dia-a-dia com a internet, e é considerada uma revolução tecnológica. O termo foi proposto em 1991 por Kevin Ashton, do MIT (Massachusetts Institute of Technology), e a ideia de conectar objetos é discutida por especialistas desde 1991.

Presente em pequenos gadgets ou em infraestruturas complexas, a cada dia surgem novos eletrodomésticos, acessórios e até mesmo peças de vestuário que possibilitam essa conexão. Se antes era necessário um computador para nos conectarmos, hoje podemos facilmente ler mensagens nos smartwatches, por exemplo. É possível programar as lâmpadas de casa para acenderem e apagarem em determinados horários, ou ativar o ar condicionado pouco antes de chegar em casa, para deixar o ambiente na temperatura correta.

O Fórum Econômico Mundial listou seis áreas nas quais a Internet das Coisas já está fazendo toda a diferença:

- Mais eficiência na agricultura: no Brasil, foram instalados junto às plantações sensores meteorológicos que identificam o pH do solo, direção do vento, pressão atmosférica e radiação solar, auxiliando no plantio correto em cada região.

- Conexão entre pacientes e médicos: Hospitais podem utilizar pulseiras inteligentes ou outros dispositivos vestíveis para monitorar os dados vitais do paciente, facilitando o diagnóstico e otimizando o atendimento.

- Combate ao câncer de mama: A empresa Cycardia Health desenvolveu um top com microssensores capazes de identificar alterações na temperatura da região dos seios. As informações são enviadas para o celular da paciente ou do médico, ajudando a identificar um possível perigo à saúde da mulher.

- Menor desperdício de comida: é estimado que um terço da comida produzida no mundo é perdida ou estragada em algum ponto da cadeia de abastecimento. Por aplicativos, pequenos produtores podem direcionar seus produtos aos distribuidores de forma ágil, evitando assim que sejam prejudicados e se mantendo próprios para o consumo.

- Água e ar mais limpos: Em Londres, Inglaterra, uma empresa distribuiu pequenos aparelhos para os moradores, que podem ser conectados aos carros ou bicicletas. Estes aparelhos medem a poluição do ar e transmitem as informações para o aplicativo da empresa, que armazena estas informações e possibilita que os moradores confiram um mapa digital da qualidade do ar em cada ponto da cidade.

- Cidades mais inteligentes: com a expansão dos ambientes urbanos, é necessário que eles se tornem mais organizados, suportando o crescente número de habitantes. Em Barcelona, na Espanha, foi implantado um sistema que controla a irrigação de jardins e fontes públicas, evitando o desperdício. Na mesma cidade também existe um sistema nas vias públicas, que por meio de sensores no asfalto, ajuda os motoristas a encontrarem vagas de estacionamento disponíveis, reduzindo assim o trânsito e a emissão de gases poluentes.

    As aplicações são inúmeras, e a tendência é que a Internet das Coisas seja cada vez mais amplamente utilizada para facilitar e modernizar os processos, garantindo uma melhora na qualidade de vida das pessoas e de diversas áreas da sociedade.

    Solicite um orçamento e veja a mudança acontecer nessa nova era digital!

    E-mail: atendimento@expmark.com.br

    WhatsApp: 47 98862-7252

    Endereço: Henrich Richard Bruno Herbe, 25 - Sala 210 - Centro 1, Brusque - SC

    Continue lendo sobre tecnologia...
    Fale conosco
    Como nós podemos te ajudar hoje?
    Rua Henrich Richard Bruno Herbe, 25,
    Edifício Duo Office, Sala 210,
    Centro 1,
    Brusque, SC,
    88350-020
    ©2021 EXP.MARK – Todos os direitos reservados.
    Ligar agora